Relatórios financeiros: Porque são importantes na sua gestão?

Se o seu setor financeiro não dá bons resultados, seu negócio pode acabar lidando com problemas bem sérios, que podem levar inclusive à sua falência. 

Uma gestão financeira eficiente vai muito além de pagar todas as contas e dar conta das questões burocráticas desde setor. O Controle do seu fluxo de caixa e a análise de relatórios financeiros também deve fazer parte da sua rotina. 

Continue a leitura e entenda mais sobre a importância da análise de relatórios financeiros e descubra quais merecem sua atenção! 

As vantagens de analisar seus relatórios do setor financeiro

Antes de conhecer quais relatórios devem ser analisados na sua empresa, é importante conhecer as vantagens dessa prática na rotina da sua gestão. os principais benefícios são:

  • Melhora o controle orçamentário do seu negócio.
  • Auxilia na tomada de decisões mais assertivas. 
  • Permite o monitoramento financeiro da empresa.

Imagine o seguinte cenário: sua empresa já está no mercado há algum tempo, e para expandir seus negócios, é preciso fazer uma reforma, comprar novos equipamentos, contratar novos sistemas, etc. 

Investir um valor será inevitável para fazer isso acontecer, não é mesmo? 

A verdade é que se você não tiver relatórios e controle das transações financeiras da sua empresa, será difícil saber por onde começar. Com os relatórios o gestor entenderá quanto tem para realizar as mudanças necessárias, ou saberá quanto deve guardar para tanto. 

Quais relatórios financeiros você deve analisar?

Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC)

Este tipo de relatório financeiro é muito importante dentro da rotina contábil de qualquer empresa. Ele é responsável pelo controle e análise do fluxo de caixa, ou seja, o saldo de entradas e saídas de capital. Todas as movimentações financeiras devem constar no seu DFC. ⠀

Demonstrativo de resultado do exercício (DRE)

Este relatório serve para avaliar os resultados de lucros ou perdas dentro de um determinado período na sua empresa. Para isso é necessário analisar o fluxo de receitas, despesas e possíveis investimentos no futuro do seu negócio. ⠀ 

Balanço Patrimonial (BP) 

Trata-se de um documento que avalia a relação de ativos e passivos de um empreendimento. Nele devem ser contabilizados todos os ativos, ou bens, de uma empresa, incluindo bens líquidos e ativos físicos como: equipamentos, veículos, imóveis, etc.

Contas a pagar e contas a receber

Estas obrigações financeiras da empresa também precisam ser analisadas pelo gestor com atenção. 

Avalie tudo o que sua empresa deve pagar, como os salários dos funcionários, custos e até mesmo fornecedores, e os valores que devem ser pagos pelos seus clientes para você. 

Seja muito detalhista na hora de especificar suas contas a pagar e a receber. Isso vai dar a você uma visão muito mais clara da sua situação financeira real. 

Liquidez da empresa

Mostra a rapidez com a qual um ativo da empresa pode se transformar em dinheiro. Em um restaurante, por exemplo, basta analisar o período de tempo em que os ingredientes computados para cada prato, viram lucro.  

Relatórios financeiros no Onpedido

Por fim, vale destacar que o Onpedido possui alguns relatórios que ficam disponíveis na tela inicial do sistema, e são atualizados em tempo real.